Idioma:

  • Programa de voluntariado da Ocyan e Fundação Norberto Odebrecht é concluído

    DATA: 31/01/2023

    Publicado por: Fundação Norberto Odebrecht Ocyan

    Na Onda do Bem promoveu mentorias entre jovens da zona rural e integrantes da empresa

     

    Foi oficialmente concluído o programa de voluntariado Na Onda do Bem, da Ocyan em parceria com a Fundação Norberto Odebrecht. A iniciativa promoveu, nos últimos meses, cerca de 120 encontros de mentoria entre jovens das Casas Familiares do Baixo Sul da Bahia e integrantes da empresa de óleo e gás para incentivar o desenvolvimento de planos de vida e carreira dos estudantes. Desde o lançamento do programa, em agosto, foram mais de 800h voluntárias dedicadas. O encerramento do Na Onda do Bem reuniu mais de 50 pessoas e aconteceu presencialmente nas cidades de Igrapiúna e Nilo Peçanha (BA), onde estão localizadas duas das três escolas rurais parceiras da Fundação na execução do PDCIS, seu Programa Social.

    ASSISTA AO VÍDEO DE ENCERRAMENTO DA INICIATIVA CLICANDO AQUI!

    As mentorias ajudaram os jovens beneficiados a definirem seus objetivos profissionais. E, em muitos casos, renderam resultados tangíveis: o mentor Gustavo Galan, por exemplo, envolveu seus colegas no programa – juntos, eles estão trabalhando em um aplicativo automatizado para ajudar Maíra de Sena, a jovem mentorada, a monitorar seus resultados na propriedade da família. Já Consuelo Cortes, que chegou a visitar presencialmente a propriedade da jovem Raíres Teles, pôde desenvolver uma série de cálculos que vai ajudá-la a reinvestir em seu negócio rural e valorizar seu trabalho.

    Um grupo de pessoas com camisas Na Onda do Bem em uma sala de aula

    Após cerca de 800h de mentorias voluntárias, programa Na Onda do Bem é concluído

    Aspectos socioemocionais também foram abordados durante o voluntariado. “Este programa foi sobre conhecer pessoas. Viemos ver, concretamente, como é a vida destes jovens”, disse Carlos Alberto de Almeida, integrante da Ocyan que realizou mentorias com o estudante Diego Santos ao longo dos últimos meses. “Nas mentorias, tentei plantar uma semente, falar de planejamento, de dedicação, de esforço para se conseguir o que se quer”, conta Carlos.

    Conversas sobre como conquistar seus sonhos também beneficiaram Tairone da Silva, estudante da Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I). “Eu tive um grande aprendizado. Não só para minha vida pessoal, mas também profissionalmente. Meu mentor me deu um suporte para que eu abra ainda mais a minha mente, e eu agradeço muito”, disse ele, que recebeu a mentoria de Edney Coutinho. E para Caroline Mozer, que foi mentora do jovem Alan Silva, os benefícios não ficam apenas para os mentorados. “Nós crescemos enquanto pessoas. Foi um verdadeiro ciclo de aprendizados, que gerou mudanças positivas em cada um de nós que participamos desta jornada”, diz.

     

     

     

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Na última semana, a OR participou como patrocinadora do III ESG Fórum de Salvador, realizado pelo jornal Correio. O...

    04 de Junho de 2024
    +
    0

    Pelo segundo ano consecutivo, a Fundação Norberto Odebrecht é reconhecida como Great Place to Work, conquista que legitima a...

    22 de Maio de 2024
    +
    0

    Com a aspiração de perpetuar práticas, princípios e processos integrados à sua atuação, a Fundação Norberto Odebrecht lançou nesta...

    14 de Maio de 2024
    +
    0

    Mais uma vez a Fundação Norberto Odebrecht dá um passo à frente em sua jornada para a construção de...

    03 de Maio de 2024