Idioma:

  • Você sabe como usar o seu plano de saúde de forma consciente?

    DATA: 17/06/2024

    Publicado por: Horiens

    Usar o plano com consciência nada mais é do que usar este recurso com responsabilidade e, para isso, o primeiro passo é ter informação, não é mesmo?

    Pensando nisso, reunimos nesta matéria as boas práticas que todo segurado e seus dependentes devem conhecer e adotar no dia a dia. Dedique alguns minutos do seu dia para conhecê-las a seguir!

     

    Mas antes, por que usar com consciência é tão importante?

    O plano de saúde é uma ferramenta essencial para a qualidade de vida. Algumas práticas, no entanto, tem um enorme impacto no equilíbrio do plano, como as fraudes e desperdícios no uso dos serviços e procedimentos.

    Se você usa com consciência, sua saúde sai ganhando, você colabora ativamente para a sustentabilidade deste benefício e ainda ajuda a evitar reajustes mais altos de mensalidade.

    Lembramos que seu plano de saúde faz parte de uma apólice de seguro saúde coletiva, portanto o uso individual impacta no todo!

     

    Como usar com responsabilidade na prática?

    • Conheça os serviços e programas de seu plano
    • Use sem desperdício, conforme a sua necessidade
    • Mantenha acompanhamento preventivo de saúde
    • Procure preferencialmente a rede referenciada
    • Use a telemedicina em casos de baixa complexidade
    • Vá ao pronto-socorro apenas em casos de urgências e emergências
    • Leve exames recentes nas consultas, evitando repetições desnecessárias
    • Seja um aliado no combate às fraudes
    • Oriente seus dependentes sobre as práticas de uso consciente!

     

    Fraudes = prejuízo para operadoras e beneficiários
    Você já sabe como combater estas práticas ilegais?

    As fraudes são um grande problema para a sustentabilidade da saúde suplementar, por isso tem se falado tanto no assunto.

    Do lado das operadoras, diversas medidas estão sendo tomadas para coibir estas práticas, como investimentos em tecnologia, incluindo o apoio de inteligência artificial.

    Do lado dos segurados e seus dependentes, a conscientização é a melhor aliada para combater as fraudes.

    É importante saber que este tipo de prática ilegal causa um enorme prejuízo às operadoras de saúde, impactando seu desempenho operacional e aumentando a sinistralidade (relação entre a utilização do plano de saúde e o valor pago às operadoras) o que, por sua vez, afeta diretamente o bolso dos beneficiários do
    plano.

     

    Conheça as principais fraudes para não cair nelas:

    • Reembolso sem desembolso

    Solicitações de reembolso somente após desembolso pelo serviço e apresentação de comprovante de pagamento. O oferecimento da suposta vantagem de não pagar uma consulta ou procedimento no ato do atendimento, mas com o compromisso de transferir o valor quando houver o reembolso pelo plano de saúde, é uma prática ilícita.

    • Reembolso assistido ou auxiliado

    Nunca ceda a terceiros os seus dados de acesso ao aplicativo ou portal do plano de saúde para qualquer reembolso. Solicitar dados de acesso do beneficiário sob a promessa de “facilitar” o reembolso é uma prática ilegal, cujo real objetivo é ter passe livre para lançar valores mais altos de reembolso ou incluir serviços não realizados.

    • Empréstimo de carteirinha

    A carteirinha do plano é pessoal e intransferível. Quando uma pessoa se passa por outra para usar o plano de saúde de um terceiro, está cometendo crime. Assim como aqueles que cedem sua carteirinha para uso.

    • Uso de dados pessoais de terceiros

    Assim como a senha do banco, o login e a senha de acesso ao site e aplicativo do plano de saúde devem ser confidenciais. Em posse desses dados, terceiros podem utilizá-los de forma inadequada, como para alterar a conta bancária vinculada ao reembolso ou solicitar reembolso de procedimentos não realizados.

    • Fracionamento de recibo

    O valor do pedido de reembolso deve corresponder ao valor integral da consulta ou procedimento. Pegar dois recibos de uma única consulta ou procedimento para obter um maior reembolso não é permitido.

    • Informações falsas no recibo

    A descrição de procedimento diferente do que foi realizado para obter reembolso do plano de saúde é fraude. Se tiver dúvidas a respeito da cobertura, entre em contato com o plano de saúde.

    • Falso estado clínico

    A falsa classificação do estado clínico do paciente no pedido médico é fraude. Não aceite esta prática para solicitar procedimentos desnecessários, excessivos ou não cobertos pelos planos de saúde – por exemplo, para fins estéticos.

    • Golpes virtuais

    Os golpes virtuais estão em alta. Cuidado com boletos e sites falsos, falsa central de atendimento e propaganda enganosa. Na dúvida, contate a sua operadora de saúde por meio dos canais oficiais.

     

    Suas atitudes importam. Lembre-se: seu plano cuida de você, você cuida do seu plano. Utilize este benefício com consciência em prol de sua saúde por inteiro!

     

    Dúvidas?
    Contate sua operadora de saúde por meio dos canais oficiais.
    Se precisar, a equipe de atendimento da Horiens, parceira da sua empresa na
    gestão do seu plano de saúde, também pode ajudar: olapessoas@horiens.com

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Em visita ao escritório da empresa, estudantes puderam conhecer mais sobre as possibilidades de carreira no mercado segurado e...

    28 de Junho de 2024
    +
    0

    Programa de Desenvolvimento de Líderes da Horiens teve foco em inteligência emocional e contou com a parceria da Kronberg,...

    20 de Junho de 2024
    +
    0

    Junho é conhecido internacionalmente como o Mês do Orgulho LGBTQIAPN+, um movimento que surgiu para que as pessoas, independentemente...

    19 de Junho de 2024
    +
    0

    Treinamento contou com quatro módulos e aprofundou a importância do papel dos seguros na gestão de riscos corporativos  ...

    19 de Junho de 2024