Idioma:

  • Programa +Elas vai promover mentorias entre mulheres

    DATA: 07/06/2023

    Publicado por: Fundação Norberto Odebrecht OR

    Parceria da OR e da Fundação Norberto Odebrecht reúne integrantes do Grupo Novonor e das ONGs executoras do PDCIS

     

    Empoderamento feminino a partir de mentorias. É isso que se propõe a realizar o +Elas, programa de voluntariado lançado ontem (6) pela Fundação Norberto Odebrecht (FNO) em parceria com a OR, empresa de incorporação imobiliária do Grupo Novonor. O kickoff da iniciativa aconteceu em uma imersão de dois dias no Baixo Sul da Bahia que contou com a presença de lideranças femininas e integrantes da Fundação, da OR e das instituições que fazem parte do PDCIS, Programa Social coordenado pela FNO.

    A partir do lançamento, o voluntariado seguirá pelos próximos 3 meses promovendo encontros presenciais e online de mentoria entre as duplas. A expectativa é que, a partir do debate sobre temas como autoconhecimento, empatia, vulnerabilidade, sororidade e igualdade, as participantes desenvolvam seu senso de confiança para impulsionar sua carreira e seus objetivos pessoais.

    “O +Elas convoca mulheres de diferentes ambientes a reconhecerem e exercitarem o papel que elas já têm, de inspirar mulheres e meninas no trabalho e na vida pessoal”.

    “Este é o início de uma iniciativa que representa uma força muito grande do Grupo Novonor, que é promover a diversidade e ações de equidade”, disse Cristiane Giansante, responsável por Pessoas, Comunicação e Planejamento na OR e membro do Conselho de Curadores da Fundação Norberto Odebrecht. “O +Elas convoca mulheres de diferentes ambientes a reconhecerem e exercitarem o papel que elas já têm, de inspirar mulheres e meninas no trabalho e na vida pessoal. Mais do que relações de mentoria, estamos criando aqui uma grande rede de apoio”, afirmou.

    Para Beatriz Lepikson, gerente de Pessoas, Finanças e Conformidade na Fundação, o programa vai fortalecer não só as participantes, mas também mulheres e meninas que são apoiadas por elas. “Nosso propósito é conectar mulheres fortes com outras mulheres fortes, apoiando quem atua para transformas vidas”, explica Beatriz. “Cada uma de nós sabe como é lidar com nossos diversos papéis – mães, profissionais, esposas, filhas. Por isso, sei que poderemos ajudar a construir juntas, ao longo dos encontros presenciais e online, uma realidade melhor para todas”, disse.

    Durante o lançamento, as participantes visitaram a Serra da Papuã, área de preservação ambiental onde fica a sede da Organização de Conservação da Terra (OCT), uma das ONGs executoras do PDCIS. No local, puderam se conhecer melhor, plantar árvores e realizar, em conjunto, práticas que levam à reflexão e ao autoconhecimento, como yoga e dinâmicas de escuta ativa. Antes, elas também visitaram a Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), outra instituição que faz parte do PDCIS, e dialogaram com jovens estudantes da escola.

     

    Parceria feminina

    Ivanete Santos é professora na CFR-PTN e será uma das mulheres mentoradas no programa +Elas. Para ela, o evento de lançamento permitiu que ela reconhecesse, em outras mulheres, desafios similares aos que ela enfrenta. “Consegui me reencontrar em outras histórias. Somos um universo de mulheres diferentes, com experiências distintas, mas nossa luta diária é a mesma. E isso foi muito fortalecedor – saber que outras pessoas passaram pelo mesmo te faz acreditar que você também pode vencer”, contou.

    Já para Andressa Sales, coordenadora da Engenharia Montante na OR que atuará como mentora, esta é uma oportunidade para aprender, ainda mais do que para ensinar: “sei que sairemos deste programa mais unidas em prol de nossos propósitos pessoais e profissionais, sejam eles fazer a empresa alcançar melhores resultados ou transformar a vida de mais pessoas”, disse.

    Além de compartilharem suas próprias histórias de vida durante o evento, as participantes ainda conheceram a história de outras mulheres inspiradoras, como Malala Yousafzai, ativista paquistanesa pelo direito de educação para meninas; Maria Bonita, cangaceira e figura histórica baiana; Djamila Ribeiro, escritora e filósofa brasileira; e Viola Davis, atriz americana. Obras literárias que relatam a vida destas figuras foram trocados pelas integrantes da OR, FNO e das instituições parceiras – e a leitura destes livros fará parte das ações promovidas pelo +Elas nos próximos meses.

    Todo processo de mentorias será divulgado pela OR e pela Fundação Norberto Odebrecht até o encerramento do programa. Acompanhe nas redes sociais e canais oficiais!

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0
    OR

    Nos dias 21, 22 e 28 de maio foi realizado em Salvador, Recife e São Paulo, respectivamente, o 1º...

    17 de Junho de 2024
    +
    0

    Produtores rurais beneficiados no Rio de Janeiro pelo PDCIS, programa social da Fundação Norberto Odebrecht, foram contemplados em contrato...

    17 de Junho de 2024
    +
    0

    Na última semana, a OR participou como patrocinadora do III ESG Fórum de Salvador, realizado pelo jornal Correio. O...

    04 de Junho de 2024
    +
    0
    OR

    Com projetos verticais de alto luxo, loteamentos, destinos de férias e habitações econômicas, residenciais e comerciais, que unem atributos...

    04 de Junho de 2024