Idioma:

  • Parcerias fortalecem agricultura familiar de comunidades do Sana

    DATA: 28/02/2024

    Publicado por: Fundação Norberto Odebrecht

    Em 2022, foi iniciada a reaplicação do Programa Social da Fundação Norberto Odebrecht, o PDCIS, em comunidades do Sana, distrito da região serrana de Macaé/RJ. Visando promover o desenvolvimento sustentável e inclusão social na região, o PDCIS no Sana beneficia 27 agricultores locais, colaborando para o crescimento econômico em harmonia com o meio ambiente.

    A iniciativa é realizada em parceria com a Ocyan, a Prefeitura de Macaé, a Associação de Produtores da Agricultura Familiar do Sana (APAF) e a Associação de Proteção ao Patrimônio Ambiental e Cultural Tororó Sana (APPAC). Na última quinta-feira (22), representantes destas governanças participaram de uma reunião online para alinhar os próximos passos, oportunidades e desafios na implementação do programa.

    Na ocasião, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna, destacou algumas realizações da gestão municipal que irão contribuir diretamente com a execução do PDCIS no Sana. Entre as ações mencionadas, a criação da cooperativa de agricultores familiares, o Centro de Distribuição de Alimentos (CEAFA) e investimentos em obras de asfaltamento, que facilitarão o escoamento da produção.

    Eduardo Jardim, secretário de Agroeconomia, ressaltou ainda que a prefeitura conta com R$ 7 milhões de maquinários aportados e R$ 700 mil investidos em adubo e calcário para o programa de fortalecimento da agricultura familiar. Segundo ele, outro benefício para os produtores rurais das comunidades do Sana será a distribuição de 21 mil mudas de banana, uma parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura do Rio de Janeiro. Esse investimento tem como retorno dos beneficiários o fornecimento de alimentos para a merenda escolar da rede pública de ensino em Macaé. “O governo trabalha para avançar ainda em outras necessidades que buscam fortalecer essa rede”, disse.

    Desde o seu início, o PDCIS no SANA já beneficiou oito comunidades locais, distribuídas em 27 famílias, 42 propriedades e 38,65 hectares de terras. Cristiane Nascimento, responsável por Sustentabilidade e Parcerias na Fundação Norberto Odebrecht, apontou que os agricultores já sentem melhorias em suas produtividades. “Estamos trabalhando o aprimoramento de diversos cultivos, como a banana, banana da terra, aipim, inhame, citros, hortaliças, café e feijão”, disse.

    A especialista de Responsabilidade Socioambiental da Ocyan, Kátia Santos, ressaltou ainda a abrangência dessa iniciativa. “O programa beneficia a comunidade com atividades educativas, desenvolvimento sustentável, práticas de conservação ambiental e acesso a inovações e tecnologias para aprimorar o plantio”, conclui.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    O trabalho realizado pela Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I), instituição parceira da Fundação Norberto Odebrecht (FNO) na execução...

    11 de Julho de 2024
    +
    0

    A Fundação Norberto Odebrecht participou da 16ª edição do Festival ABCR, evento promovido pela Associação Brasileira de Captadores de...

    04 de Julho de 2024
    +
    0

    Devido a mobilização das mulheres ao longo dos anos para reivindicar conquistas frente os problemas que enfrentam, as pautas...

    28 de Junho de 2024
    +
    0

    Produtores rurais beneficiados no Rio de Janeiro pelo PDCIS, programa social da Fundação Norberto Odebrecht, foram contemplados em contrato...

    17 de Junho de 2024