Idioma:

  • Mês do Orgulho LGBTQIAPN+: apoie este movimento

    DATA: 19/06/2024

    Publicado por: Horiens

    Junho é conhecido internacionalmente como o Mês do Orgulho LGBTQIAPN+, um movimento que surgiu para que as pessoas, independentemente da identidade de gênero e orientação sexual, se sintam livres e seguras para serem quem são.

    O mês faz referência originalmente à revolta de Stonewall, ocorrida em Nova York, nos Estados Unidos, em 28 de junho de 1969, quando um grupo resolveu enfrentar a violência policial sofrida pelos homossexuais. Desde então, o movimento cresceu e foi abraçado pela comunidade LGBTQIAPN+ de diversos países como voz na luta por liberdade e direitos.

    Na Horiens, valorizamos a relevância desta data e aproveitamos para reiterar o compromisso com um ambiente de trabalho inclusivo, respeitoso, seguro e livre de discriminação a todos os integrantes.

    “Valorizar essa data é uma forma de reforçar a importância da construção de uma sociedade livre de preconceitos e de um ambiente de trabalho plural, que garanta oportunidades e direitos igualitários”, destaca Elaine Assao, integrante da área Financeira e membro do Comitê de Diversidade e Inclusão da Horiens.

    “Promover estratégias em prol da comunidade LGBTQIAPN+ e demais grupos minorizados é uma questão de justiça social, que impacta na diversidade do ambiente de trabalho e, consequentemente, no bem-estar das pessoas e nos resultados da empresa”, completa Elaine.

     

    Conquistas do movimento LGBTQIAPN+
    No Brasil, nos últimos anos muitas conquistas foram alcançadas, como o direito à união estável homoafetiva, à adoção e ao registro de dupla maternidade, dupla paternidade ou adoção unilateral. Além disso, também são conquistas relevantes a possibilidade de adotar “nome social” (diferente do “nome de batismo”), a criminalização da homotransfobia e a descriminalização da homossexualidade em âmbito militar.

     

    Violência é preocupante
    Embora importantes passos tenham sido dados, a caminhada ainda é longa. No Brasil, a violência é um dos fatores mais críticos. Segundo dados do Grupo Gay da Bahia (GGB), a mais antiga ONG LGBTQIAPN+ da América Latina, o país é considerado um dos mais homotransfóbicos do mundo, tendo registrado mais de 250 mortes violentas em 2023, de acordo com apuração independente da ONG.

     

    Você sabe o que significa a sigla LGBTQIAPN+?
    A sigla LGBTQIAPN+ representa pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transgênero, queer, intersexo, assexuais, pansexuais e não binárias. O símbolo + inclui todas as outras pessoas que não se identificam com nenhuma dessas letras.

    A sigla busca representar a riqueza e diversidade de gêneros e orientação sexual, ampliando conhecimento sobre este tema que ainda é visto como um tabu por muitas pessoas.

     

    Compreendendo as diferenças

    • Lésbicas:mulheres que sentem atração afetivo-sexual do mesmo gênero.
    • Gays:homens que sentem atração afetivo-sexual pelo mesmo gênero.
    • Bissexuais:pessoas que sentem atração afetivo-sexual por mais de um gênero.
    • Transgêneros:termo usado para descrever pessoas que não se identificam com o gênero atribuído no nascimento, incluindo transexuais, travestis e pessoas não binárias.
    • Queer:pessoas que se identificam como gênero queer transitam entre os gêneros feminino e masculino ou, até, estão além deles.
    • Intersexo:pessoas intersexuais nascem com características físicas e sexuais que não se encaixam no que é tradicionalmente entendido como masculino e feminino, incluindo diversas variações que podem ir desde os órgãos genitais a padrões cromossômicos ou glândulas.
    • Assexuais:pessoas que não sentem atração sexual em relação a qualquer pessoa, porém podem sentir atração afetiva.
    • Pansexual: pessoas que sentem atração afetivo-sexual por outras pessoas, independentemente do gênero.
    • Não binárias: pessoas cuja identidade de gênero não está no binarismo homem/mulher.

     

    Apoiar a comunidade LGBTQIAPN+ é apoiar o respeito à liberdade e a direitos iguais para todos. Aja contra estereótipos, eduque-se continuamente e pratique a empatia!

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Em visita ao escritório da empresa, estudantes puderam conhecer mais sobre as possibilidades de carreira no mercado segurado e...

    28 de Junho de 2024
    +
    0

    Programa de Desenvolvimento de Líderes da Horiens teve foco em inteligência emocional e contou com a parceria da Kronberg,...

    20 de Junho de 2024
    +
    0

    Treinamento contou com quatro módulos e aprofundou a importância do papel dos seguros na gestão de riscos corporativos  ...

    19 de Junho de 2024
    +
    0

    Usar o plano com consciência nada mais é do que usar este recurso com responsabilidade e, para isso, o...

    17 de Junho de 2024