Idioma:

  • Live debate aprendizados em monitoramento e avaliação de programas sociais

    DATA: 26/06/2023

    Publicado por: Fundação Norberto Odebrecht

    Encontro reuniu representantes da Fundação Norberto Odebrecht e do Fundo Vale

     

    Avaliar e medir os efeitos de programas socioambientais pode ser uma tarefa árdua, mas é essencial para a reflexão, aprimoramento e ampliação da transformação gerada. Neste contexto, o que é possível aprender com profissionais que atuam com monitoramento e avaliação no terceiro setor? E como as experiências de organizações que promovem o impacto podem inspirar novas e melhores abordagens de avaliação?

    “Quando se trata de monitoramento e avaliação, nós cocriamos o processo junto às organizações parceiras”, disse Jonas Nogueira na live.

    Para abordar estas e outras questões, a Fundação Norberto Odebrecht realizou, na última terça-feira (20), a live Medir o Impacto – Aprendizados em Monitoramento e Avaliação de Programas Sociais. Com a participação de Juliana Vilhena, líder de Gestão de Impacto e Inovação Socioambiental no Fundo Vale; e de Jonas Nogueira, analista de Sustentabilidade na Fundação, o encontro aconteceu de forma on-line e foi visto por mais de 210 pessoas, com picos de audiência de 53 participantes.

    Monitoramento e avaliação

    Os palestrantes puderam apresentar cases das estratégias de monitoramento e avaliação de suas instituições e responder a perguntas sobre temas como coleta de dados, equidade na avaliação e abordagens avaliativas.

    Em sua fala, Jonas Nogueira explicou como as ações de monitoramento na Fundação Norberto Odebrecht são feitas em conjunto com o ecossistema de ONGs parceiras na realização do Programa Social da instituição: “como parte de nossa governança participativa, o diálogo com os parceiros é a base para tudo. E quando se trata de monitoramento e avaliação, nós cocriamos, fazemos tudo em conjunto com elas. Afinal, os dados pertencem a estas comunidades e estas ONGs, então elas precisam estar junto conosco para definir indicadores e o que pode ser coletado ou não”, disse.

    Os palestrantes abordaram questões como coleta de dados, equidade na avaliação e abordagens avaliativas.

    Já Juliana Vilhena deu recomendações valiosas a pessoas que queiram monitorar e avaliar suas iniciativas, a partir da experiência do Fundo Vale. “Muitas vezes conversamos com outras organizações e com os negócios de impacto que apoiamos sobre o desafio da mensuração. E o primeiro aprendizado que posso compartilhar é que o importante é começar – e então, ano a ano, é possível ir melhorando, incorporando mais ferramentas e aprimorando essa mensuração. Mas o ponto de partida é essencial”, comentou ela.

    Além de analisar os processos envolvidos no monitoramento e avaliação de iniciativas socioambientais, Jonas e Juliana dialogaram com a audiência sobre como estas estratégias contribuem para o objetivo final: gerar impacto positivo na vida de pessoas e comunidades. Para assistir a live completa, que está disponível no LinkedIn da Fundação Norberto Odebrecht, basta clicar neste link.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Produtores rurais beneficiados no Rio de Janeiro pelo PDCIS, programa social da Fundação Norberto Odebrecht, foram contemplados em contrato...

    17 de Junho de 2024
    +
    0

    Na última semana, a OR participou como patrocinadora do III ESG Fórum de Salvador, realizado pelo jornal Correio. O...

    04 de Junho de 2024
    +
    0

    Pelo segundo ano consecutivo, a Fundação Norberto Odebrecht é reconhecida como Great Place to Work, conquista que legitima a...

    22 de Maio de 2024
    +
    0

    Com a aspiração de perpetuar práticas, princípios e processos integrados à sua atuação, a Fundação Norberto Odebrecht lançou nesta...

    14 de Maio de 2024