Idioma:

  • Iniciada construção da etapa marítima da Ponte de Guaratuba

    DATA: 13/05/2024

    Publicado por: OEC

    Equipamento deverá substituir o uso do ferry-boat na travessia entre as cidades de Guaratuba e Matinhos, requalificando o ambiente para a preservação da fauna marinha local

     

    No último dia 30 de abril, com a emissão da Licença de Instalação pelo Instituto Água e Terra (IAT), foi dada a largada para a construção de uma das obras mais aguardadas pelos paranaenses, a Ponte de Guaratuba. O dia foi marcado pelo cravamento da primeira estaca que dará sustentação à estrutura.

    Ao todo serão 64 estacas com 40 metros de comprimento médio, dos quais 30 serão submersos. Cada estaca pesa 34 toneladas. A operação de cravamento da primeira estaca contou com o apoio de um conjunto de duas balsas de cravação equipadas com guindastes com capacidade de içamento de 270 toneladas, cada, além de equipamentos para execução deste serviço, a exemplo de martelos vibratórios e perfuratriz. Além das balsas de cravação, a obra também contará com balsas de concretagem que levam até oito betoneiras, cada, todas sendo manobradas por meio de rebocadores.

    A ponte é um desejo antigo da população local, ligando as cidades de Guaratuba e Matinhos, no litoral do estado, distantes 130 km da capital Curitiba. É fruto de um investimento de R$ 386,9 milhões do Governo do Paraná, através do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/PR), autarquia ligada à Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística. A previsão é que cerca de 600 empregos diretos e indiretos sejam gerados no pico dos trabalhos. O prazo para conclusão da obra é de 24 meses. A obra está sendo executada pelo Consórcio Nova Ponte, formado pela OEC – Engenharia e Construção, Carioca Engenharia e Goetze Lobato Engenharia.

    Estrutura

    A estrutura principal da ponte terá 1.244 metros de extensão, com um vão de 160 metros e canal de navegação de 17 metros de altura por 90 metros de largura. A ponte terá quatro faixas de tráfego, duas faixas de segurança, barreiras rígidas em concreto, calçadas com ciclovia e guarda-corpo nas extremidades.

    A extensão total do complexo viário totalizará 1.826 metros, o que inclui 951 metros de acessos no lado de Guaratuba e 875 metros no lado de Matinhos. Dentro do projeto, também estão incluídas vias locais e conexão à Estrada de Cabaraquara, em Matinhos.

    Respeito ao Meio Ambiente

    Durante a elaboração dos estudos ambientais da Ponte de Guaratuba, pesquisadores observaram que ela deve trazer benefícios para a fauna marinha local, recuperando um ecossistema prejudicado por anos pelo tráfego intenso de ferry-boat e balsas, inclusive com o retorno de algumas espécies para a baía.

    Assim que estiver concluída, a Ponte de Guaratuba vai substituir a travessia por ferry-boat, que é a principal fonte de ruído subaquático na baía criado por atividade humana, considerado por estudiosos um fator negativo e de grande relevância no comportamento de animais como golfinhos, botos e baleias.

    Evolução

    Os trabalhos no projeto começaram em outubro do ano passado, após a emissão da Licença Prévia pelo IAT. Desde então, o Consórcio Nova Ponte se concentrou na instalação do canteiro industrial de apoio à obra principal e demais acessos, incluindo a fabricação de artefatos de concreto. Com a emissão da Licença de Instalação, o Consórcio foi autorizado a iniciar as obras da parte marítima da ponte. Após a conclusão da obra, o Instituto deverá emitir a Licença de Operação, passo que marca a autorização para uso do equipamento.

    De acordo com Luciano Pizzatto, diretor de Contratos da OEC no Paraná, a obra deverá trazer diversos benefícios à população do Estado. “A Ponte de Guaratuba será um marco para o desenvolvimento da região, especialmente em termos econômicos e ambientais. Ela vai facilitar o fluxo de pessoas entre duas cidades de grande apelo turístico no litoral paranaense, fomentando a presença de visitantes entre os dois municípios, além de dar nova vida à fauna marinha. Todos saem ganhando com este projeto”, avalia.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0
    OEC

    Na tarde do último dia 9 de maio, a OEC recebeu 27 alunos da Empresa Júnior de Engenharia da...

    17 de Maio de 2024
    +
    0
    OEC

    Nesta quinta-feira (9/5), o presidente da República assinou a ordem de serviço para o início das obras do trecho...

    13 de Maio de 2024
    +
    0
    OEC

    Contratado pela Via Appia Concessões, o Consórcio Cantareira, liderado pela OEC – Engenharia e Construção, vai concluir a implantação...

    09 de Maio de 2024
    +
    0
    OEC

    O Consórcio Construtor ViaSul (CCVS), formado pelas empresas OEC – Engenharia & Construção e PowerChina, responsável pela duplicação da BR...

    06 de Maio de 2024