Idioma:

  • Diálogos de Impacto reuniu histórias de voluntariado, acolhimento e doação

    DATA: 08/10/2021

    Publicado por: Fundação Norberto Odebrecht OEC Novonor

    Primeira edição do evento, que é realizado pela Fundação Norberto Odebrecht, contou com a participação de três convidados do Grupo Novonor

    Fazer o bem faz bem. Foi essa máxima que guiou e nomeou a primeira edição do Diálogos de Impacto, evento online realizado pela Fundação Norberto Odebrecht nesta sexta-feira (8). O programa reuniu três convidados do Grupo Novonor para um bate papo sobre ações que fazem a diferença: estiveram presentes Daniel Villar, assessor do Diretor Presidente da Novonor e membro do Conselho de Administração da OEC; Beatriz Lepikson, responsável por P&O, Finanças e Conformidade na Fundação Norberto Odebrecht; e Flávia França, gerente de Ética e Integridade da OEC. Mais de 190 pessoas de Negócios do Grupo e do público externo assistiram e se engajaram com a live, que está disponível na íntegra neste link.

    No evento, os três convidados compartilharam suas experiências pessoais e profissionais de voluntariado, doação e acolhimento. Daniel Villar, por exemplo, apresentou a história de sua família, que realiza Acolhimento Familiar desde 2020. A modalidade, prevista em lei, é uma alternativa de amparo para crianças e adolescentes em situação de risco social, e funciona a partir de família acolhedoras, como a de Daniel, que recebem estas crianças até que a Justiça determine o retorno à família biológica ou a adoção. “Já fizemos dois acolhimentos, de um bebê recém-nascido e de uma criança de 2 anos de idade, mesmo diante da pandemia. Damos afeto, segurança e cuidados a essas crianças”, contou. E completou: “citando meu próprio filho, passar por essa jornada de transformar uma vida também vai transformar a sua para sempre”.

    Já Beatriz Lepikson, da Fundação Norberto Odebrecht, contou um pouco de sua experiência como voluntária e como coordenadora da campanha Tributo ao Futuro, que apoia a educação de qualidade para adolescentes da zona rural. “Essa experiência foi muito importante para mim, pois consegui estar na linha de frente, engajando pessoas e unindo os Negócios em prol da educação dos mais jovens. Foi uma forma de me doar”, disse. Segundo ela, a doação para diferentes causas é uma oportunidade de fazer o bem, especialmente diante da impossibilidade, por exemplo, de atuar em um voluntariado. “Existem diversas formas de contribuir para um futuro melhor. Nós, que doamos, podemos melhorar a vida de outras pessoas. E ganhamos muito por fazer essa contribuição”, afirmou.

    Por sua vez, Flávia França apresentou o seu trabalho como voluntária para o projeto Tuyula Lomunga, que promove o desenvolvimento local e a geração de renda em Angola. O voluntariado segue até hoje, mesmo depois da OEC finalizar a obra no país e ela retornar ao Brasil. “Mudei de lugar, mas não mudei de propósito. E pude aconselhar o projeto para que construíssem outras parcerias e continuassem impactando a comunidade”, disse. Flávia também contou como apoiou uma família angolana com um bebê com hidrocefalia a vir realizar o tratamento no Brasil junto ao projeto Amor Sem Dimensões, e como incentivou a educação de dois jovens angolanos. Para ela, se voluntariar, ainda que remotamente, é sempre inspirador: “mesmo sem estar presente, são tantas coisas que podemos fazer online, que a presença física não é mais tão essencial. A Internet nos permite estar quase onipresentes. Por isso, minha mensagem para vocês é: se voluntariem e se engajem”.

    Para ficar por dentro das próximas edições do Diálogos de Impacto e participar de outras discussões sobre desenvolvimento sustentável e impacto social, acompanhe os canais da Fundação Norberto Odebrecht em: www.fundacaonorbertoodebrecht.com.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Avançando mais um importante passo em sua jornada de promoção do desenvolvimento sustentável e preservação ambiental, a Organização de...

    11 de Abril de 2024
    +
    0

    As concessionárias H2Olmos e Trasvase Olmos nomearam Fernando Cilloniz Benavides e Carlos Paredes Lanatta como Diretores Independentes com o objetivo de consolidar o...

    27 de Março de 2024
    +
    0

    Nesta quarta-feira (27) a Marinha do Brasil lança ao mar o terceiro submarino convencional com propulsão diesel-elétrica construído no...

    27 de Março de 2024
    +
    0
    OEC

    No dia 18 de março, a OEC firmou nova parceria com a Empresa Júnior de Engenharia da USP (Poli...

    20 de Março de 2024