Idioma:

  • Conselho de Curadores da Fundação visita Baixo Sul da Bahia

    DATA: 05/05/2022

    Publicado por: Fundação Norberto Odebrecht

    Membros do Conselho e da Novonor S.A conheceram jovens e famílias beneficiadas pelo Programa Social da instituição

     

    Para assistir dentro da rede clique aqui.

    Os dias 2 e 3 de maio foram dias de pensar, em conjunto, como impulsionar a transformação social. Isso porque a Fundação Norberto Odebrecht (FNO) recebeu, no período, a visita de seu Conselho de Curadores e de convidados do Grupo Novonor ao Baixo Sul da Bahia, local onde aplica seu Programa Social, o PDCIS. O encontro permitiu aos participantes conhecer de perto jovens, agricultores e famílias impactadas pelo Programa e se conectar com as instituições parceiras da Fundação. Posteriormente, já em Salvador, aconteceu a primeira reunião anual do Conselho, na qual foram apresentados todos os resultados alcançados pelo PDCIS em 2021 e debatido o trabalho que está sendo realizado para promoção do desenvolvimento territorial sustentável no ano de 2022.

    Conselheiros conversaram com jovens beneficiados pelo Programa Social da Fundação

    O primeiro momento do encontro aconteceu na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), uma das escolas rurais parceiras da Fundação na execução do PDCIS. Estavam presentes estudantes, professores e monitores da instituição – assim como os corpos discentes e docentes das outras duas Casas Familiares do Baixo Sul da Bahia, a Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e a Casa Familiar Agroflorestal (CFAF). Recepcionados ao som de violino tocado por Daniel Wilk, estudante da CFAF, os conselheiros participaram de um bate papo com os jovens e puderam conhecer mais de suas rotinas, projetos e sonhos. Além disso, conheceram produtos desenvolvidos na região em uma pequena feira idealizada pelos estudantes.

    Para Daniel Villar, membro do Conselho de Administração da Novonor S.A. e atual presidente do Conselho de Curadores da FNO, um dos pontos altos da conversa foi testemunhar a força do legado de Norberto Odebrecht, fundador do Grupo Novonor e da Fundação, na vida dos jovens formados pelas Casas Familiares. “A presença de Dr. Norberto é muito sentida aqui. Na prática da educação para e pelo trabalho e na forma como vemos a TEO [filosofia empresarial criada por ele] sendo usada na formação do ser humano, para que ele seja protagonista de seu próprio destino”, diz.

    Conversa com agricultores

    Os conselheiros Nir Lander (Ocyan) e Ludmila Lavigne (OEC) em conexão com o agricultor Alisson Costa

    Após a agenda na CFR-PTN, os conselheiros puderam visitar a propriedade de um egresso da Casa: Benivaldo dos Santos, de 34 anos, que vive na comunidade de Ouro Preto e trabalha em um condomínio agrícola formado junto a colegas de seu tempo na Casa Familiar. Hoje, ele é uma referência como agricultor para a região. “O conhecimento que eu tive na CFR-PTN me deu essa segurança de querer investir em novos resultados, novas perspectivas, novas produtividades. Essa confiança vem do conhecimento”, contou ele aos presentes. “Antes da minha formação, eu sobrevivia. Agora eu passei a viver”, disse.

    Na visão de Maurício Odebrecht, representante do acionista controlador no Conselho de Administração da Novonor, a possibilidade de conhecer presencialmente as famílias beneficiadas pelo PDCIS gerou um grande impacto. “Visitamos diversos ambientes, e em todos eles percebemos o legado do fundador [do Grupo Novonor e Fundação, Norberto Odebrecht]”, disse ele, que é neto do empresário. “Assim, estamos restabelecendo algo muito importante para nós, que é a Pedagogia da Presença, o contato com as pessoas, porque nada é mais importante do que a conexão. Essa foi a grande conquista do nosso encontro”, completou.

    Ludmila Lavigne, responsável por Pessoas e Planejamento na OEC e membro do Conselho da Fundação, já havia visitado a região em anos anteriores e notou o fortalecimento do Programa Social.  “Foi muito gratificante ver o amadurecimento institucional do trabalho desenvolvido e como essas comunidades acolhem bem os conhecimentos transmitidos, se tornam mais empoderadas”, diz ela. “E vejo uma oportunidade para todos os Negócios do Grupo Novonor aprenderem sobre essa tecnologia social da FNO já sistematizada. Eles podem observar como o PDCIS funciona e conectá-lo com suas próprias relações com as comunidades”, opina ela.

    O encontro no Baixo Sul da Bahia precedeu a 1ª Reunião do Conselho de Curadores em 2022

    Outro espaço de intercâmbio com produtores rurais aconteceu no final do dia, na Serra da Papuã, localizada no município de Ibirapitanga (BA) e que abriga a sede da Organização de Conservação da Terra (OCT), outra instituição parceira do PDCIS. Lá, os convidados assistiram a uma apresentação da OCT sobre as suas linhas de atuação, no viés da conservação produtiva e ambiental. Agricultores beneficiados também estiveram presentes, e puderam contar, em primeira mão, os impactos que o apoio da OCT geraram em suas vidas. Ilustrando suas falas, uma exposição de fotos no local mostrava-os em suas propriedades e com os produtos de suas colheitas.

    Governança

    Na visão de Fabio Wanderley, superintendente da Fundação Norberto Odebrecht, o encontro fortaleceu ainda mais a relação com o Conselho, instituições e beneficiários, permitindo reforçar o principal objetivo da FNO de colocar em prática ações que gerem real impacto na vida das pessoas. “Poder demonstrar mais uma vez, ao vivo e a cores, a transformação gerada por nosso Programa Social é sempre uma experiência gratificante. É um espaço para colhermos contribuições e aprimorarmos nossa atuação. Com o apoio de nossos conselheiros, sabemos que estamos no caminho certo, direcionados na busca de levar essa tecnologia social, de impactos comprovados, a mais regiões”, opina.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Na Onda do Bem promoveu mentorias entre jovens da zona rural e integrantes da empresa   Foi oficialmente concluído...

    31 de Janeiro de 2023
    +
    0

    Campanha da Fundação engajou mais de 1.700 doadores e 33 empresas em 2022   A campanha Tributo ao Futuro,...

    31 de Janeiro de 2023
    +
    0

    Selo reconhece mais uma vez as ações do Programa Social da Fundação   A Fundação Norberto Odebrecht recebeu mais...

    18 de Janeiro de 2023
    +
    0

    Representantes dos integrantes que completaram 10, 20, 30, 40 e 50 anos de Grupo em 2022 foram homenageados no...

    22 de Dezembro de 2022