Idioma:

  • Autoconfiança e o papel da mulher na sociedade: saiba mais e ajude a mudar o cenário!

    DATA: 10/03/2023

    Publicado por: Horiens

    Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, no último dia 9 a equipe da Horiens promoveu uma live com a psicóloga Laís Vitoria-Regis, profissional de RH com ampla experiência internacional, mestre em psicologia social e cultural e especialista em diversidade, equidade e inclusão.

    O tema da live – Autoconfiança e o papel da mulher na sociedade – trouxe à tona a reflexão acerca dos fatores que podem abalar a confiança das mulheres no dia a dia de trabalho, gerando estresse e impactando diretamente aspectos como gestão de carreira e qualidade de vida.

    Por que será que muitas mulheres questionam suas próprias habilidades?

    Com essa pergunta, Luanda de Oliveira Santos, integrante da Horiens e coordenadora do Comitê de Diversidade e Inclusão da empresa, abriu o evento, trazendo para o centro da discussão o conceito conhecido como síndrome ou fenômeno do impostor, uma condição que pode afetar qualquer pessoa, mas é muito recorrente em grupos minorizados.

    Luanda Santos, integrante da Horiens e coordenadora do Comitê de Diversidade e Inclusão da empresa

    O fenômeno do impostor nada mais é do que a dificuldade de reconhecer sucessos e realizações por medo de ser “desmascarado” como fraude. O indivíduo constrói uma percepção infundada de si mesmo, considerando-se incompetente ou insuficiente.

    “No caso das mulheres no ambiente de trabalho, observamos com frequência comportamentos como ficar em constante estado de alerta, evitar dar opiniões e até mesmo sabotar o próprio sucesso. O sentimento de impostora gera uma perda de autoconfiança importante e isso, por sua vez, traz impactos negativos para a vida das mulheres, do estresse à falta de planejamento de carreira”, explica Laís.

    Mas o que desencadeia essa situação, afinal de contas? É preciso entender que o sentimento de impostora não decorre apenas de questões pessoais e de personalidade, há um contexto social envolvido, com peso relevante. “Na nossa sociedade, o lugar do sucesso é historicamente atribuído aos homens. Hoje ainda há o estereótipo de que a mulher é menos capaz do que os homens, o que acaba criando um contexto social que influencia o fenômeno do impostor”, detalha Laís.

    Conheça mais sobre o fenômeno do impostor neste vídeo indicado por Laís: https://www.youtube.com/watch?v=euY0zIpiXXc

    A construção da autoconfiança
    O primeiro passo para mudar esse cenário é tomar consciência dele e construir autoconfiança. Confira as dicas compartilhadas durante a live para caminhar nessa direção:

    • Mude a sua perspectiva
    • Alimente sua positividade com coisas palpáveis
    • Arrisque ser você mesmo
    • Conheça o seu contexto
    • Abrace a imperfeição
    • Respire e colete evidências quando sentir insegurança
    • Identifique seus pontos fortes
    • Lembre-se de feedbacks positivos que já recebeu
    • Celebre suas conquistas
    • Persista e desenvolva autoconhecimento

     

    O que você tem feito para promover um ambiente mais inclusivo em seu dia a dia?

    Para promovermos cada vez mais novas perspectivas, as pautas de diversidade e inclusão precisam do engajamento de todos. O comprometimento deve ser geral, independentemente de gêneros. “É dessa forma que mudanças culturais acontecem”, pontua Laís. Saiba quais atitudes fazem a diferença nesta jornada:

    • Evite agir sob influência de viés inconsciente (pensamentos tendenciosos inconscientes)
    • Abra espaço para a diversidade de pessoas na discussão de diferentes pautas
    • Construa ambientes verdadeiramente inclusivos, em que as pessoas possam ser elas mesmas
    • Promova ações afirmativas para promover a igualdade de oportunidades
    • Participe de ações voltadas à diversidade, equidade e inclusão
    • Seja uma pessoa aliada: esteja disposto a mudanças, a ter uma escuta atenta, buscar conhecer os temas e tomar ações que promovam a mudança

     

    Fernanda Lima, integrante Horiens, assistindo à palestra. Fernanda foi uma das vencedoras do quiz realizado durante o evento e poderá escolher entre 4 publicações que irão dar início ao Clube do Livro da Horiens: ‘A coragem de ser imperfeito’, ‘Eu sou Malala’, ‘Mulheres que correm com os lobos’ e ‘Extraordinárias: Mulheres que revolucionaram o Brasil’.

    Uma data para aprender, refletir e avançar

    Desde 2021, a Horiens conta com um Comitê de Diversidade e Inclusão composto por integrantes de diversas áreas da empresa que, juntos e por meio da interação com as equipes no dia a dia, trazem ideias e colaboram para a promoção de um ambiente de trabalho mais plural e inclusivo.

    ”Na Horiens, nossa cultura encoraja os integrantes a assumirem um compromisso pessoal com a diversidade, acolhendo e respeitando as diferenças individuais”, destaca Fernanda Antonelli, diretora de Pessoas, Marketing e Comunicação na Horiens. ”É nosso papel como empresa colaborar de forma concreta para mudar o cenário, por isso abrimos espaço para debater assuntos que impactam não somente o nosso ambiente, mas a sociedade como um todo.  A cada ação que realizamos, aprendemos e saímos mais fortes e preparados para adotar novas atitudes em nossas vidas”, conclui Fernanda .

    Equipe Horiens em peso, acompanhando a Live com a psicóloga Laís Vitoria-Regis

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    A Horiens conta com parcerias estratégicas com instituições que representam o setor de seguros e a cadeia de relacionamentos...

    10 de Junho de 2024
    +
    0

    Nos últimos anos, os vazamentos de credenciais e a ação de infostealers – malwares projetados para roubar informações sensíveis...

    07 de Junho de 2024
    +
    0

          Márcio dos Santos é o líder do laboratório de análise de riscos da Horiens, o Risk...

    29 de Maio de 2024
    +
    0

    Com quatro módulos, evento on-line será ministrado por executivo da Horiens e oferecerá conhecimento sobre a gestão de riscos...

    29 de Maio de 2024