Idioma:

  • Aprender, persistir e adaptar-se às mudanças | As lições de um projeto desafiador

    DATA: 06/04/2023

    Publicado por: Horiens

    Neste mês em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher, reunimos histórias que tiveram a participação central de mulheres do nosso time. A seguir, vamos conhecer um projeto pioneiro que contou com a dedicação das integrantes Beatriz Schiesari e Vanessa Falco. Confira!

    Vanessa Falco

    As integrantes da Horiens Beatriz Schiesari e Vanessa Falco são profissionais experientes da área de riscos e seguros, com muitos desafios e momentos de superação em suas carreiras.

    Um destes desafios, no entanto, é lembrado por elas de forma especial por diversos motivos: pelo pioneirismo, pela quantidade de obstáculos que tiveram que transpor, pela união e entrosamento da equipe e, por fim, pelo importante resultado gerado para o cliente.

    Estamos falando do projeto que levou um grande cliente da Horiens a ser a primeira empresa da América Latina a tornar-se membro da Everen Insurance Limited (antiga OIL), um seleto grupo de 63 empresas do segmento de energia que, juntas, formam uma seguradora mútua, com ampla cobertura para danos materiais.

    Na prática, participar da Everen significa que cada membro é um co-segurador dos demais, trazendo capacidade a um preço mais competitivo, o que ajuda a compor uma equação de custo de risco mais interessante a quem participa do grupo.

    Conduzir este cliente no processo de ingresso na Everen foi uma verdadeira missão para o time da Horiens, uma jornada que levou cerca de cinco anos. “Ser aceito como membro da Everen é algo complexo. Não basta querer fazer parte, é preciso ter aderência aos pré-requisitos e atender a um processo de subscrição muito exigente”, conta Vanessa.

    “Além do que, por ser uma organização com um formato único e exclusivo, seu mecanismo de operação e especificidades não são de conhecimento do mercado de uma forma geral. Realizamos inúmeras reuniões com o mercado segurador antes da estruturação do programa de seguros no novo desenho”, completa.

    Da ideia ao resultado
    Entre as idas e vindas naturais de um projeto desta complexidade, uma certeza aflora facilmente das lembranças de Beatriz e Vanessa: a importância de persistir mesmo quando o cenário parece denso demais.

    Beatriz Schiesari

    “Foram incontáveis horas de estudos, análises, reuniões. Em alguns momentos da caminhada, tínhamos que recuar para realinhar pontos e então conseguir avançar”, explica Beatriz.

    Quando a equipe da Horiens trouxe a ideia de ingresso na Everen para o cliente, sabiam que teriam que aprender e ensinar a todo o momento, já que a Horiens teve um papel de elo no projeto, fazendo as pontes necessárias com a empresa, o mercado segurador e a Everen.

    “Os desafios foram muitos, mas eu diria que aprender para ensinar foi o primeiro deles, sempre com humildade e sabedoria para ouvir”, pondera Beatriz.

    A força de um time plural

    Desistir não faz parte do vocabulário deste time da Horiens. “Nossa equipe é muito diversa e parceira, a começar pelo nosso líder, Eduardo Damião. Com sua serenidade e otimismo, foi fundamental, estava sempre lá nos impulsionando a evoluir, a darmos o melhor de nós”, conta Vanessa.

    “Eduardo vislumbrou a ideia da Everen de forma genial e acreditou de forma contagiante. Toda a equipe embarcou e fizemos acontecer, cada um aportando seus conhecimentos e habilidades. Em 2018, nosso cliente foi a primeira empresa da América Latina a tornar-se membro da Everen, posição mantida até hoje”, complementa Beatriz.

    “O processo e os desafios são contínuos uma vez que o programa de seguros sempre pode ser estruturado com um novo formato, buscando constantemente o melhor resultado para nosso cliente”, conclui Vanessa.

    Aprendizado é oportunidade

    Beatriz e Vanessa não hesitam em contar o quanto aprenderam nesta jornada. “Eu começaria tudo de novo, o processo foi muito rico, tanto por aspectos técnicos quanto pessoais. Ter oportunidade e espaço para desafiarmos a nós mesmos nos torna melhores seres humanos e profissionais”, explica Vanessa.

    Para Beatriz, a diversidade de opiniões e visões foi uma importante característica de projeto. “Eu tenho a oportunidade de trabalhar em um ambiente em que a diversidade de olhares e visões é valorizada e isso foi muito relevante neste projeto, afinal um processo desses se constrói a partir de muitas discussões e nelas sempre saíamos com mais elementos do que entramos. Foi um importante exercício de humildade e uma grande oportunidade de desenvolvimento”, finaliza.

    Equipe Horiens de Riscos e Seguros para Química e Petroquímica

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Conheça os desafios e a solução inédita implementada para entregar parte da infraestrutura do Terminal Oceânico da Barra do...

    03 de Maio de 2024
    +
    0

    Para participar, basta publicar uma foto sua praticando alguma atividade física ou de bem-estar usando o filtro #Saúde.Vocênocentro. Automaticamente,...

    30 de Abril de 2024
    +
    0

    Na madrugada de 26 de março deste ano, o navio porta-contêineres DALI, de 32 mil toneladas, atingiu um dos...

    30 de Abril de 2024
    +
    0

    Prepare-se para expandir seus horizontes. Com o avanço da inteligência artificial (IA), em especial a IA generativa, não há...

    30 de Abril de 2024